A Igreja

O primórdio do trabalho Presbiteriano em Cabo Frio remonta a maio de 1967 quando o Rev. Aristotelino Mendes, então Pastor da Igreja Metodista Central de Cabo Frio enviou correspondência ao Rev. Jalmar Sathler, em Nova Friburgo, noticiando a existência de membros da Igreja Presbiteriana e da possibilidade de organizar um trabalho Presbiteriano. O Rev. Jalmar tentou alguns contatos com a Junta de Missões Nacionais e que foram infrutíferos. Em 1970 uma nova carta, já agora do irmão José Ferreira, que freqüentava a Igreja Metodista Betel em São Cristovão, tendo como respostar aguardar a decisão do Presbitério de Nova Friburgo que estaria reunido em janeiro de 1971 sobre abertura de trabalho Presbiteriano.

 

Em 12 de abril de 1971 reunem-se os Presbiterianos pela primeira vez, em dependências da Igreja Metodista Betel, são participantes desta reunião histórica o Rev. Jalmar, os irmãos José Ferreira e sua esposa Irani Siqueira de Souza, as filhas do casal Éster e Ana Emilia e mais os jovens Clébio e Clemildo dos Santos Silveira, que são irmãos. Neste mesmo mês é realizado o primeiro culto em um salão alugado, sendo dirigente o Presb. Ruy Carlos Mattos Griffo, na Igreja Presbiteriana de Vila Velha/ ES e então gerente do Banco Andrade Arnoud em Cabo Frio.

 

Junta-se ao grupo o Presb. Durval de Oliveira e Silva Filho, sua esposa Baldoméria e os filhos do casal, Domingos de Castro, sua esposa Adília e os filhos do casal, Presb. Celso dos Santos Araújo, sua esposa Maria da Conceição e os filhos do casal.

 

No ano seguinte em local próprio, agregam-se irmãos procedentes da região serrana de Macaé e em 31 de março de 1973, por iniciativa do então Rev. Samuel Brust o Presbitério de Nova Friburgo delibera em organizar a IGREJA PRESBITERIANA DE CABO FRIO, nomeando uma Comissão Especial para tal finalidade e designando como primeiro pastor o Rev. Samuel Brust.

 

Atualmente a Igreja possui 3 congregações: Peró,  Monte Alto e Tucuns.  Cinco filhas:   IP de Campo Redondo, IP de Arraial do Cabo, IP Jardim Flamboyant, IP de Jardim Canaã, IP de Célula Máter  e  cinco netas:  2ª IP de Araruama, IP de Jardim Esperança, IP de Aquarius,  IP de São Pedro da Aldeia, IP de Iguaba Grande,

 

Em 27 de fevereiro de 1992 foi criada APEB – Associação Presbiteriana de Ensino e Beneficência com a proposta de ser o braço social e educacional da Igreja. A APEB no cumprimento dos seus objetivos é mantenedora do Instituto Presbiteriano de Cabo Frio  (IPCF), autorizado a funcionar em 19 de janeiro de 1998 pela Secretaria Estadual de Educação,  funcionado da  Educação Infantil ao  Ensino Médio.

 

O pastor da igreja é o Rev. Luiz Carlos Correa, pastor da igreja desde 1988.